quinta-feira, outubro 06, 2005

afinal é já ali...

É um enclave entre o Bussaco ou Buçaco, o Luso, Penacova, Coimbra...por aí.
Bém, para começar agradeço à malta da Espinheira/Penacova que tão bém nos receberam.
Abraço especial ao Henriques (o dançarino canhoto), mordomo do ano de 95 (prémio atribuído pelas cúpulas da gaitifarra), que teimou em nos levar lá…e consegui. Ao Gato, com quem já tinha tocado noutras festas, ao Arsénio, ao Simões, ao farmacêutico e aos que me estão a escapar …
Obrigado pelas canjas,sopas e arrozes, pardo(cabidela de cabrito e cabidela de leitão), pelo leitão assado, pelos intermezzos pratos de peixe ou marisco "consante a sorte".
Kepanandes refere, aprecia e apadrinha a nova sobremesa local, Chanfana de seu nome, um ex-libris, um "must", sem esquecer o arroz doce, o leite créme, as nevadas, os modernos gelados, as frutas locais as tropicais e as demais…
Tinto, perdão, tanto os Gaiti como os Farra gostaram daquela sobremesa, Chanfana é assim que se diz não é nandes?É,EHEHEHEHE!
Cada casa seu vinho, seu bagaço, seu cheirinho, "boa onda, nice vibra tótil bués da fixe". Enfim uma maravilha.
E a música anhe!?!?!? Perguntem aos locais—nós só podemos falar da hospitalidade, da mesa farta e o carinho com que fomos recebidos.
Até mais ver…voltarei ao assunto mais tarde, que pr’a semana temos "Constançamento".

5 comentários:

Cantareu disse...

Cócócóricóóóóóó!

Ah que felicidade poder cantar assim!

Esta, ouvia a um galito que por lá andava, a fugir à cabidela...

louisingals39486155 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Tono Jovim disse...

oubi dizer que bos cozinhais muito benhe e que tambenhe tocam umas moditas, mas isso num interessa, o importante som os morfes, por isso gostaba de saber quem ié o bosso manage. sou bereador da cultura duma cambra, e gostaba de bos ter na nossa fiesta.
como faço pra bos contactar?

Cantareu disse...

Parece que havia um serviço de pombos correios, mas, com o advento da gripe da passarada, entraram em greve!

Exigem melhores condições de descanço, mais borrachos e melhor assistência na borracheira.

Cantareu disse...

De qualquer forma pode-se sempre mandar um correio eléctrico...ou autocarro, como der mais jeito.

Ah, mas ter em atenção que estes moços não trabalham de borla. Comem muito, bebem mais ainda e tem dias que lhes pagam para estarem calados, que as gaitadas e bombadas até assustam!

Para as "cambras" o transporte faz-se obrigatoriamente de "limousine".
Não venha cá com senhas de autocarro que não pega!